Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Mapa divulga resultado do Prêmio Servidor 2015

Notícias

Mapa divulga resultado do Prêmio Servidor 2015

publicado: 14/01/2016 00h00 última modificação: 25/07/2017 09h14

Reconhecer o esforço individual dos servidores públicos ocupantes de cargo público efetivo e dos empregados públicos, integrantes do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) é o objetivo do Prêmio Servidor Mapa. Quem desenvolveu um trabalho inovador ou tem boas ideias em 2015 em todo o ministério, pode concorrer em três categorias: Boas PráticasInovação eAtuação.

Na categoria Boas práticasRogério Pereira Dias (Mapa Sede), Coordenador de Agroecologia do Mapa, foi o vencedor. Rogério foi responsável pela implantação de uma unidade demonstrativa de agricultura urbana, com base agroecológica, com o intuito de estimular a produção de alimentos em espaços públicos, aproveitando o espaço existente entre os blocos dos anexos deste Ministério, promovendo o plantio de hortaliças, incluindo as plantas alimentícias não convencionais, ervas medicinais, ervas aromáticas, plantas ornamentais e frutíferas.


Na categoria Inovação, o servidor José Ascânio da Silveira (SFA/MT) foi o vencedor. Ele criou um sistema de monitoramento eletrônico que contemplou 18 programas de autocontrole para facilitar o trabalho de inspeção e indústria com segurança e sustentabilidade.


A terceira categoria, Atuação, reconheceu o trabalho da servidora Luciana Gomes RodriguesBarbosa dos Santos (Mapa Sede), que está empenhada para implantação da Gestão de Competências do Mapa como visão estratégica e integradora de pessoas. O objetivo é a alcançar a excelência nos serviços prestados pelo ministério junto à sociedade, contribuindo para a efetivação dos pilares de sustentação da Escola Nacional de Gestão Agropecuária (Enagro); além de potencializar e reter os talentos do Mapa para o melhor desempenho de atividades e disseminação do conhecimento.

 

A premiação será realizada pela ministra Kátia Abreu. Cada ganhador receberá um certificado de elogios funcionais; um registro no assentamento funcional da certificação; um troféu alusivo; e participação em curso de capacitação de curta ou média duração relacionado à categoria premiada, observadas as normas dispostas na Portaria Mapa nº 482, de 28 de maio de 2012.